Uma tarefa para o STF e o MPF

Acredito que o STF /MPF façam valer a interrupção da iniciativa em curso do Ex Ministro, Juiz na parceria com a consultora norte-americana Alvarez & Marsal.

O ex-juiz da operação Lava Jato e antigo Ministro da Justiça do governo Jair Messias Bolsonaro, que se tornou seu desafeto pessoal e político, Sérgio Moro foi contratado para um cargo de direção da consultora norte-americana Alvarez & Marsal, responsável pela recuperação judicial do Grupo Odebrecht. Em comunicado divulgado nesta segunda-feira, a empresa informou que Moro será sócio-diretor da área de Disputas e Investigações.

“A contratação de Moro está alinhada com o compromisso estratégico da A&M em desenvolver soluções para as complexas questões de disputas e investigações, oferecendo aos clientes da consultoria e os seus próprios consultores a expertise [experiência] de um ex-funcionário do Governo brasileiro”, diz a consultoria.

“Moro é especialista em liderar investigações anticorrupção complexas e de alto perfil, crimes de colarinho branco, crime coorporativo, lavagem de dinheiro e crime organizado, bem como aconselhar clientes sobre estratégia e conformidade regulatória proativa”, informou a empresa.

A contratação do ex-juiz e ex-Ministro da Justiça gerou polémica e críticas sobre conflito de interesses já que Moro conhece detalhes sigilosos da maior operação anticorrupção em curso no sistema judicial do país, a Lava Jato, que envolve a Odebrecht e outras empresas, e também teve acesso a informações confidenciais do Governo, das empresas e de pessoas.

A consultoria Alvarez & Marçal justificou que a contratação do “Sérgio” reforça a sua equipe que também é formada por ex-funcionários públicos do Governo dos Estados Unidos. Moro, por sua vez, usou as redes sociais para negar conflito de interesses. Uma de suas especialidades. É a “raposa vigiando o galinheiro”.

“Ingressei nos quadros da renomada empresa de consultoria internacional Alvarez&Marsal para ajudar as empresas a fazer a coisa certa, com políticas de integridade e anticorrupção. Não é advocacia nem atuarei em casos de potencial conflito de interesses”, escreveu o ex-juiz ao comentar sua contratação na rede social Twitter.

Confirmação do Moro no Twitter.

Antes das eleições de 2018 Moro era muito popular entre os conservadores, o que motivou um convite para ocupar o cargo de Ministro da Justiça e Segurança Pública do Brasil durante o Governo do Presidente Jair Bolsonaro.

Em abril 2020 Moro pediu a demissão justificando que houve uma tentativa de interferência do presidente Jair Bolsonaro na Polícia Federal e rompeu com o Governo brasileiro.

A operação Lava Jato, iniciada em 2014, desvendou um vasto esquema de corrupção envolvendo a petrolífera Petrobras e outros órgãos públicos brasileiros, que levou à prisão de empresários, ex-funcionários públicos e políticos.

Moro e membros do grupo de trabalho da Lava Jato estão envolvidos num escândalo conhecido como “Vaza Jato”, que começou em junho do ano passado, quando o site investigativo The Intercept Brasil e outros setores da mídia progressista e parceiros começaram a divulgar reportagens que colocaram em pauta a imparcialidade da maior operação anticorrupção do país.

As denúncias são baseadas em informações obtidas de fontes não identificadas, estas reportagens apontam que Moro teria orientado os procuradores da Lava Jato (Deltan Dallagnol), orientando as linhas de investigação e adiantando decisões enquanto era juiz responsável por analisar os processos do caso em primeira instância, atos antiéticos e ilegais.

Moro e os procuradores da Lava Jato sempre negaram ter cometido irregularidades e fazem críticas às reportagens publicadas afirmando que são sensacionalistas e usam conversas que podem ter sido adulteradas por ter a origem e obtenção através de crime cibernético, embora nunca tenham contestado judicialmente nem apontado provas de adulteração ou fraude nas informações publicadas pelos jornalistas brasileiros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s