Natal de paz e amor

Por: Olegário Passos 

Hoje, amanheci sem vontade e sem pressa de olhar o mundo. Ontem tudo parecia muito igual, todos pareciam muito iguais e o mundo muito estranho. 

Ontem, todas as pessoas sem máscaras, algumas sem cérebro, outras sem caráter, algumas outras, acometidas pela cegueira da ignorância, se esbarravam, conversavam e conseguiam sorrir, fazendo das calçadas do Alecrim, dos corredores dos shoppings, supermercado e bares, insuportáveis espaços de contágios e de negação dos  valores e ensinamentos, que nos deixou como legado, Jesus. 

Jesus, como muitos já nem lembram, é o mesmo que um dia tentou mudar o mundo e as pessoas, sendo por esse ideal e ousadia, assassinado na cruz. 

Jesus é o mesmo que a igreja, por conveniência estratégica, decidiu que ele havia nascido no dia 25 de dezembro e todos aqueles sem máscaras e muito iguais, nem lembram por quê nesse dia celebram a família, a paz e o amor.

Sem pressa, caminho até a janela do meu quarto. Uma brisa fria acarinha o meu rosto. O meu olhar triste de saudade, agora quer esperançar. As ruas do mundo agora estão vazias e precisando pulsar, mais vida, mais paz e muito mais amor. Um sol no horizonte de todos nós parece querer dizer: viva o amor, respeite a vida e seja feliz. Eu ouvi Jesus. Obrigado.

Olegário Passos é ex-vereador de Natal, ex-diretor da FUP (Federação Única dos Petroleiros), ex-presidente do Sindpetro/RN (Sindicato dos Petroleiros do Rio Grande do Norte), químico de petróleo aposentado da Petrobras e atual ouvidor da Agência Reguladora de Serviços Públicos do RN.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s