Um cabra de peia

Tem um “cabra de peia” metido entre nós. É odiento  feito a “mulesta do cachorro” e trouxe a peixeira da morte. Botou tudo de cabeça pra baixo. Saculejou os alicerces do mundo e deixou o povo de zóios arregalados sem entender o que estava acontecendo. 

Esse cabra se chama 2020. Chegou acoleado com um bicho estranho e “ruim de correr água” que deram o nome de corona. Esse é a “mulesta do cachorro” de nojento e teimoso. 

Mas ele já tá de saída. Vai pegar o beco porque o povo que estuda muito e entende dessas coisas conseguiu fazer um negócio que vai mandar essa desgraça pra “baixa da égua” e a gente vai ter nossa vida de volta. 

É só ter um pouquinho mais de paciência e continuar se cuidando porque aqui no Brasil tem uma criatura do mal que gosta de morte e quer atrapalhar o serviço dos cientistas e botar “gosto ruim” no uso desse remédio, mas no fim de tudo vai é “sair de fininho” com o rabo entre as pernas e tirar o time de campo  junto com esse vírus. Eles se merecem.

*Autor desconhecido.

Cabra de peia – Um dito, uma gíria popular no nordeste. 

Sujeito que merece peia ou apanhar, safado, sem vergonha, sem moral, pilantra, sacana, cafajeste, patife, traiçoeiro, arrombado, filho da puta, amigo da onça.

Fonte:

https://qualeagiria.com.br/giria/cabra-de-peia/

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s