O brasil supera 200 mil mortes por COVID-19

Hoje, quinta-feira (7), o Brasil ultrapassou a marca de 200 mil, precisamente 200.498 mortos, por COVID-19 e 7.961.673 infectados. O Presidente Jair Messias Bolsonaro, faz de conta de que tudo não passa uma “gripezinha”, um resfriado, uma confusão e alarme dos meios de comunicação com as informações da pandemia, mantendo a negação a ciência e a todas as orientações dos órgãos de controle. 

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, em entrevista coletiva no Palácio do Planalto atacou a imprensa: “Não é a tragédia nacional, mas a divulgação de informações negativas sobre a negligência federal no combate à pandemia”. “Não queremos a interpretação dos fatos dos senhores”, reclamou Eduardo. “Deixem a interpretação para o povo brasileiro.”

A indignação do general da ativa mostra que o governo Bolsonaro prefere desinformar e mentir sem ser incomodado. Na condução desastrosa do país, Bolsonaro faz uma propaganda diária contra a pandemia estimulando outros remédios não reconhecidos cientificamente para atender ao combate do coronavírus. 

O presidente alega que essa é uma escolha individual e lança alertas vazios sobre seus riscos, sem apresentar evidências do que fala. Com isso, ele trabalha contra a imunização coletiva que é necessária para proteger a população.

O presidente transformou-se em garoto propaganda, um típico charlatão ao recomendar o uso de medicamentos ineficazes e não recomendados por um médico ou profissional da saúde. Será marcado, pichado, consagrado e lembrado como o mercador de cloroquina. Ele afirmou também que a África controlou a pandemia com a aplicação de ivermectina. 

Nenhuma autoridade sanitária confirma essa relação, mas a informação circula entre youtubers bolsonaristas. No pacote, também estão a irresponsável tentativa de minimizar os riscos da doença que teve início no Brasil em março de 2020. 

No pronunciamento desta quinta-feira (7), o ministro da Saúde disse que “a desinformação e a interpretação equivocada ou tendenciosa leva a consequências trágicas”. O governo cumpriu essa missão.

Acredito que o presidente e sua equipe de governo não tem respeito, uma ética mínima ou zelo pelo seu povo. Não vacilem, protejam-se e cuidem-se, respeitem as normas e orientações dos órgãos competentes da área de saúde.

Fonte, canal Euronews no YouTube

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s