Trump e o paradigma das redes sociais.

*Por: Rafael Cachina

Nesta semana, a reflexão que faço: – Trump conseguiu tornar as redes sociais seu calcanhar de Aquiles? 

Independente de uma analise profunda, os acontecimentos atuais e o desenrolar de crises mundo afora apontam para uma quebra de paradigma:

Relevância x Verdade

As redes sociais, como empresas, serão conglomerados que sustentam-se na atividade fim de entregar mídia (patrocinados) e informação ou apenas meros veículos? Ainda há de surgir a resposta definitiva. 

Os acontecimentos nos EUA, desta semana (incitações do ainda Presidente Trump para uma provável insurgência de militantes / invasão ao Capitólio), desembocam numa história que não começou agora. Trata-se de uma onda antidemocrática e questionadora das instituições da suposta “maior democracia do mundo” que, agora, nos faz brindar com o óbvio: além de resultados, teremos que entender a responsabilidade de entregar conceitos, mensagens e missões que transpirem verdade. Sejam mera retórica ou busca por leads, o “marketing bom” (cria de Kotler, vide seus livros-teorias: Marketing 3.0 e 4.0 que caminha para o 5.0) vai exigir isso. Nos negócios e nas redes!

O print abaixo (do Facebook) é a mensagem de um cidadão estadunidense. É um registro histórico, sim. Mais que isso: é um recado aos que ficam.
– Rafael Cachina.
Executivo de Marketing. Consultor em Comunicação e especialista em Agile Marketing.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s