Relatório do Exército acusou Bolsonaro de ser ‘corno, muambeiro’ e planejar atentado terrorista

Documento encontrado no Arquivo Nacional afirma ainda que ele ameaçou jornalista da Veja e negou ter planejado atentados no quartel

Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

* por Thiago Sampaiojaneiro 21, 2021

Mentiroso, corno, muambeiro e contrabandista. Além de “eleitor de Collor”. Estas foram as impressões de um relatório secreto, do Ministério do Exército, datado de 27 de julho de 1990, sobre o hoje presidente Jair Bolsonaro.

O documento inicia com uma linha do tempo, relatando a punição que o capitão Bolsonaro recebera em 1986, depois de ter assinado um artigo na revista Veja em que ele pedia aumento de salário para sua categoria.

O assunto torna-se mais grave, quando é mencionada outra matéria, também da Revista Veja, dessa vez assinada pela repórter Cassia Maria, que ouviu dele uma operação chamada “Beco Sem Saída”.

Nesta, ele havia planejado explodir bombas no quartel. Além de ter mentido sobre a conversa com a jornalista, ele também foi acusado de ameaçar Cassia antes do depoimento.

A matéria completa, sobre a operação ‘Beco sem Saída’, pode ser conferida clicando aqui

Acusado de orquestrar ataque terrorista e vazar informações internas à revista Veja, Bolsonaro foi absolvido em segunda instância, mas convidado a se “aposentar” das Forças Armadas.

Isso apesar de relatório da Polícia Federal atestar que, de fato, a letra do “croqui” que embasou o plano de ataque era do capitão. E como pode ser visto, o relatório é bem detalhado:

Segundo o relatório, Bolsonaro mentiu ao dizer que não falou com a repórter
O tom parte para o ataque e fala das viagens dele para o Paraguai, trazendo muamba, e de problemas no casamento, dizendo que “não passa de um mercenário, corno e contrabandista querendo aparecer”
O relatório não deixa de pegar pesado, dizendo que ele precisa “averiguar os passeios de sua então esposa, Rogéria, atingindo até mesmo a honra dela e da esposa do “Major Moraes”

Caso queira conferir o arquivo, ele esta no SIAN (Sistema de Informação do Arquivo Nacional) Ou então, basta clicar aqui para conferir o PDF do Gabinete Civil, de 27 de julho de 1990.

Fonte: assim.com.BR

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s