Guiné-Bissau: toque de recolher devido a golpe de Estado em curso

A ordem geral é para que todas as pessoas recolham-se as suas casas enquanto se ouvem tiros em Bissau.

O Palácio do Governo da Guiné-Bissau está cercado por militares e no seu interior encontram-se o Presidente, Umaro Sissoco Embaló, e o primeiro-ministro, Nuno Gomes Nabiam.

Ninguém entra nem ninguém sai do Palácio, e se encontram também vários outros membros do Governo e dirigentes guineenses, escreve a “Deutsche Welle”.

Há rumores de trocas de tiros também na zona da Base Aérea, onde fica o aeroporto. Uma das versões sobre os acontecimentos é a de que o Presidente e o primeiro-ministro se desentenderam em plena reunião do Conselho de Ministros, resultando nos disparos.

Informações ainda não confirmadas indicam que teriam sido os homens do Presidente a dar início à situação, sitiando os membros do Governo, enquanto estes se reuniam com o Presidente Sissoco Embaló.

O tiro pode ter saído pela culatra e o Presidente terá sido morto. Na sequência destes acontecimentos, ainda por confirmar, pessoas cercam o Palácio em busca do Presidente.

Fonte: Expresso.pt

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s